sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Assassinos


Mateus 7: 3 - 5 (NVI)
“Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.

A "religião" do amor hoje é a que menos ama.

Aqueles que deveriam pregar o amor de Cristo são aqueles que apontam o dedo, crucificam, julgam e aguçam o ódio.

O cristianismo para muitos virou um carimbo no passaporte para o céu, carimbo dado de acordo com os seus próprios critérios e com aquele escrito dos cartões de crédito: "pessoal e intransferível".
Muitos crentes parecem estar mais preocupados em apontar o próximo "tombo" de alguém do que levar o amor de Cristo na sua verdadeira forma aos que precisam.

Vale lembrar algo que muitos esquecem ou esqueceram:
"pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus." Romanos 3: 23-24 (NVI)


TODOS PECARAM

Somente somos salvos graças ao sacrifício de Jesus, pois não merecemos ser absolvidos das nossas falhas. É essa Graça que devemos pregar, é esse Cristo que se doou, é esse Deus que nos amou, é esse Espírito Santo que nos leva para mais perto do Pai.

Muitos estão se perdendo e odiando a Cristo e seus "filhos" porque àqueles que deveriam amar são aqueles que odeiam. Aqueles que deviam amar se esforçam mais em "corrigir" os erros dos outros, indicar falhas, se julgam mais santos. Foi isso que Jesus ensinou? Foi para os sãos que Ele veio?

O que eu devo fazer é levar Cristo aos outros e toda sequencia é com Ele. Deus é quem envia o Espírito Santo que nos convence do pecado e é Ele quem nos transforma.

Devemos sim exortar em amor, quando necessário, mas não sair apontando as falhas dos outros, até porque eu não tenho falha nenhuma?

A maior exortação que recebi, em meio ao meu processo de conversão, foi quando contando orgulhosamente minhas "façanhas" perguntei ao meu amigo se ele não iria me dizer que aquilo era errado, pois ia contra a "religião" que ele estava me levando e ele respondeu: "Se eu te falar que não está certo isso vai te convencer? Deixe Cristo te falar que isso não é certo e aí sim você estará convencido!"

Dedos apontados são os maiores assassinos de não crentes e crentes, são os maiores abismos entre o céu e o inferno. São esses dedos que impedem pessoas de conhecer a Jesus e também de afastar aqueles que já O conhecem. Muitos "crentes" são assassinos, pois matam as novas criaturas que Deus quer tanto encontrar.

A oração hoje é sua. Converse tudo isso com Deus.

“O Senhor te abençoe e te guarde;
o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça;
o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz."

Forte abraço

Diego Cavalcante

Se esse estudo foi útil para sua vida, além de curtir compartilhe, outras pessoas podem estar procurando por esta resposta.
Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/ ou em nossa página no Facebook https://www.facebook.com/ComentandoAPalavra.
Siga-nos também no Twitter @comentapalavra e entre em contato pelo nosso Whatsapp (41)9808-3817

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Vá "vende" e segue-Me



Mateus 19: 16 - 22 (NVI)
Eis que alguém se aproximou de Jesus e lhe perguntou: “Mestre, que farei de bom para ter a vida eterna?”
Respondeu-lhe Jesus: “Por que você me pergunta sobre o que é bom? Há somente um que é bom. Se você quer entrar na vida, obedeça aos mandamentos”.
“Quais?”, perguntou ele.
Jesus respondeu: “ ‘Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não darás falso testemunho, honra teu pai e tua mãe’ e ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo’.”
Disse-lhe o jovem: “A tudo isso tenho obedecido. O que me falta ainda?”
Jesus respondeu: “Se você quer ser perfeito, vá, venda os seus bens e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro nos céus. Depois, venha e siga-me”.
Ouvindo isso, o jovem afastou-se triste, porque tinha muitas riquezas.


É difícil quando temos renuncias a fazer quando queremos seguir a Cristo.

O jovem da história fazia tudo o que a lei mandava, mas sabia que faltava algo mais e por isso chegou até Jesus. Acredito que aquele rapaz já tinha medo da resposta antes mesmo da pergunta, mas mesmo assim algo o incomodava a perguntar.

É fácil cumprir algumas "obrigações" religiosas, ir aos cultos, fazer parte de uma célula, devolver o dizimo, ofertar alimentos, ser bondoso, participar de reuniões de oração, mas o seguir Jesus é mais profundo que isso. A Bíblia nos diz que onde está nosso tesouro lá está nosso coração (Mt 6: 21) e se esse tesouro não for Cristo, é essa riqueza que devemos deixar para seguir Jesus.

As renuncias para seguir a Jesus podem parecer cruéis, podem parecer exageradas, mas apenas são quando nosso coração não está realmente no Senhor, pois nenhuma renuncia é revelada pelo Espírito Santo se realmente não for necessária.

O nosso coração deve estar em Cristo e Ele deve ser a nossa riqueza e assim como os bens do jovem também deve ser distribuído aos pobres (aos que não O conhecem), porém ao contrário do dinheiro, quanto mais distribuímos Jesus mais temos dEele.

"Espírito Santos nos mostre de quais riquezas devemos nos abster para ter uma vida plena com Cristo, nos mostra o que nos atrapalha de segui-Lo. Nos incomode naquilo que não te agrada e nos revela as renuncias necessárias. Que nosso coração seja totalmente voltado à Deus. É isso que te pedimos hoje em nome de Jesus. Amém!"

O que você precisa deixar para seguir Jesus?

“O Senhor te abençoe e te guarde;
o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça;
o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz."

Forte abraço

Diego Cavalcante

Se esse estudo foi útil para sua vida, além de curtir compartilhe, outras pessoas podem estar procurando por esta resposta.
Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/ ou em nossa página no Facebook https://www.facebook.com/ComentandoAPalavra.
Siga-nos também no Twitter @comentapalavra e entre em contato pelo nosso Whatsapp (41)9808-3817

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Quem é este?



Marcos 4: 41 (NVI)
Eles estavam apavorados e perguntavam uns aos outros: “Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?”

A pergunta acima foi feita pelos discípulos logo após Jesus acalmar a tempestade dando ordem ao mar e ao vento para que se aquietassem.

Os discípulos estavam navegando e se depararam com esta tempestade, enquanto se apavoravam Jesus dormia. Eles O acordaram perguntando se não Se importava que morressem. Jesus após trazer paz àquela situação, ainda questionou a fé deles.

Mas o que quero salientar aqui é a pergunta que eles se fizeram no versículo em destaque. "Quem é este?"

Os discípulos andavam com Jesus, comiam com Jesus, aprendiam com Jesus, todos os Seus milagres e ensinamentos foram vistos por eles e diante de mais uma prova de Seus poder eles se perguntam "Quem é este?"

Quantos de nós já vivemos coisas maravilhosas com Deus, vimos seus milagres em nossa vida e também na vida de outras pessoas e não sabemos quem é Deus. Será que nosso coração realmente acredita no Deus no qual proclamamos crer? Será que conhecemos o Jesus que nos salvou? Será que cremos que Espírito Santo habita em nós?

Quem é este?

"Senhor, te pedimos em nome do Teu Filho que Se revele à nós e que em nenhum momento o sigamos em ignorância, sem saber quem Tu é. Que os Teus ensinos e sinais apenas confirmem o que o Teu Santo Espírito nos revela que o Senhor é e que em meio a tempestades não duvidemos do Teu poder. Amém!"

Andar com Cristo nem sempre significa conhecê-Lo.

“O Senhor te abençoe e te guarde;

o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça;
o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz."
Forte abraço
Diego Cavalcante
Se esse estudo foi útil para sua vida, além de curtir compartilhe, outras pessoas podem estar procurando por esta resposta.
Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/ ou em nossa página no Facebook https://www.facebook.com/ComentandoAPalavra.
Siga-nos também no Twitter @comentapalavra e entre em contato pelo nosso Whatsapp (41)9808-3817

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Sim, nós mudamos do dia para a noite.


2 Coríntios 5: 17 - 19 (NTLH)
Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa; acabou-se o que era velho, e já chegou o que é novo. Tudo isso é feito por Deus, o qual, por meio de Cristo, nos transforma de inimigos em amigos dele. E Deus nos deu a tarefa de fazer com que os outros também sejam amigos dele. A nossa mensagem é esta: Deus não leva em conta os pecados dos seres humanos e, por meio de Cristo, ele está fazendo com que eles sejam seus amigos. E Deus nos mandou entregar a mensagem que fala da maneira como ele faz com que eles se tornem seus amigos.

Tenho visto nas redes sociais muitas pessoas compartilhando uma imagem com a seguinte frase "O cara faz m... a vida toda, vira crente, e se torna exemplo do dia pra noite" Tal imagem ainda tem um arco-íris que já falamos aqui que representa a aliança de Deus conosco (Gênesis 9: 17).

Para quem tem compartilhado tal imagem, para sua tristeza ou até talvez indignação, a resposta é SIM. O versículo acima mostra que o sujeito pode ter errado a vida toda sim, mas ao entregar a sua vida à Cristo torna-se uma nova pessoa, acabou o que era velho e tudo isso é feito por meio de Deus e não pela própria pessoa. Além disso aqueles que entregam a sua vida à Cristo tem a tarefa de trazer novas pessoas para Ele, ou seja, torna-se sim exemplo.

É incrível como nós temos o mal hábito ou até mesmo o prazer em querer apontar o defeito, o erro e não perdoar as pessoas. Se Deus diz que esquece nossas transgressões quando nos perdoa (Miqueias 7: 18 - 19: Quem é comparável a ti, ó Deus, que perdoas o pecado e esqueces a transgressão do remanescente da sua herança? Tu, que não permaneces irado para sempre, mas tens prazer em mostrar amor. De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar.) quem somos nós para continuar apontando o dedo?

Sim, isso é conversão, aceitar Jesus é mudar de vida, é despir-se do velho e vestir-se do novo e este novo se chama vida com Cristo, é seguir Seus passos, Seus ensinamentos, Seus mandamentos e levar essa mudança à todos afim de que eles também experimentem tal mudança.

Deus não é um Deus injusto. Embora Ele perdoe nosso pecado e nos torne Seus filhos com direito a um lugar no seu paraíso, Ele também permite que paguemos aqui na terra pelas consequências de nossos pecados, ou seja, se matou, pode sim mudar de vida, mas terá que pagar à lei como é regido neste mundo. Se maltratou seu corpo, pode sim vir a ter doenças, se cometeu imoralidade sexual, furtou, cobiçou, etc., pode sofrer consequências aqui por tudo isso, porém Cristo faz com que tais pessoas vivam uma nova vida a partir do dia em que o deixamos entrar e Ser nosso Senhor e Salvador.

Então meu amado, antes de compartilhar alguma coisa inflamado por algum sentimento mau procure saber o que Deus fala a respeito.

"Senhor obrigado pelo sacrifício do Seu Filho e com isso nos redimir dos nossos pecados. Perdoa quando julgamos Senhor e nos perdoa porque o pecados está em nós e podemos voltar a pecar, mas que o Seu Santo Espírito seja presente em nós nos alertando e nos puxando toda vez que quisermos sair dos seus caminhos. Perdoa-nos quando cedemos a tentação de apontar o dedo, tornando-se audaciosos ao ponto de querer ser mais do que o Senhor, pois quem somos nós para julgar. Te peço isso em nome do Senhor Jesus. Amém!"

A vida com Cristo é uma mudança constante e mesmo que nessa nova caminhada você vier a escorregar, Ele sempre estará lá para te aceitar de novo e limpar seus pecados.

“O Senhor te abençoe e te guarde;
o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça;
o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz."

Forte abraço

Diego Cavalcante

Se esse estudo foi útil para sua vida, além de curtir compartilhe, outras pessoas podem estar procurando por esta resposta.
Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/ ou em nossa página no Facebook https://www.facebook.com/ComentandoAPalavra.
Siga-nos também no Twitter @comentapalavra e entre em contato pelo nosso Whatsapp (41)9808-3817

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Somos separados


Daniel 1: 8 - 13 (NVI)
Daniel, contudo, decidiu não se tornar impuro com a comida e com o vinho do rei, e pediu ao chefe dos oficiais permissão para se abster deles. E Deus fez com que o homem fosse bondoso para com Daniel e tivesse simpatia por ele. Apesar disso, ele disse a Daniel: “Tenho medo do rei, o meu senhor, que determinou a comida e a bebida de vocês. E se ele os achar menos saudáveis que os outros jovens da mesma idade? O rei poderia pedir a minha cabeça por causa de vocês”.
Daniel disse então ao homem que o chefe dos oficiais tinha encarregado de cuidar dele e de Hananias, Misael e Azarias: “Peço que faça uma experiência com os seus servos durante dez dias: Não nos dê nada além de vegetais para comer e água para beber. Depois compare a nossa aparência com a dos jovens que comem a comida do rei, e trate os seus servos de acordo com o que você concluir"

Após serem levados para serem treinados para servir o rei, Daniel, Hananias, Misael e Azarias não rejeitaram sua situação, porém decidiram não se contaminar com as coisas do rei e ser fiel totalmente a Deus. Deus os honrou os tornando mais fortes e mais sábios que os demais jovens. Mais adiante ainda vemos esses mesmos jovens recusando-se a adorar a imagem do rei e com isso serem libertos de penas como a fornalha e também cova de leões.

Eles confiaram no seu Deus, eles tiveram coragem de provar o poder do seu Deus, de se colocar totalmente na dependência e senhorio de Deus.

Hoje no mundo que vivemos quantos de nós tem coragem de optar por não se contaminar com as coisas deste mundo? Quantos de nós optam por dizer não ao que o mundo dita e seguir a Deus sem medo das consequências?

É muito fácil querer e clamar pelo favor de Deus, pelo seus milagres e bençãos, mas muitos não abrem mão da conveniência, dos prazeres do mundo e até do medo de ser diferentes dos demais.

Somos povo de Deus e só a Ele devemos adoração, louvor e fidelidade, independente do que isso nos custe.

"Senhor, nos perdoa pelas vezes que não nos posicionamos como crentes diante das situações, nos perdoa quando abrimos mão de nossa fé com medo das consequências. Nos dá coragem para dizer não, para por a prova os seus mandamentos e mostrar ao mundo o Seu poder. É o que te peço em nome de Jesus. Amem!"

“O Senhor te abençoe e te guarde;

o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça;
o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz."
Forte abraço
Diego Cavalcante
Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/ ou em nossa página no Facebook https://www.facebook.com/ComentandoAPalavra.
Siga-nos também no Twitter @comentapalavra e entre em contato pelo nosso Whatsapp (41)9808-3817


terça-feira, 30 de agosto de 2016

Quero morrer!


1 Reis 19: 4 - 5
e entrou no deserto, caminhando um dia. Chegou a um pé de giesta, sentou-se debaixo dele e orou, pedindo a morte. "Já tive o bastante, Senhor. Tira a minha vida; não sou melhor do que os meus antepassados. "
Depois se deitou debaixo da árvore e dormiu. De repente um anjo tocou nele e disse: "Levante-se e coma".

Essa é a historia de Elias. Após Jezabel jurá-lo, com medo, ele fugiu e desejou desistir de tudo. Ele havia acabado de ser instrumento de Deus derrotando os profetas de Baal, onde Deus se mostrou onipotente de forma incontestável.

Em nossas vidas não é muito diferente. Quantas vezes queremos desistir de tudo e o nosso anseio mais profundo é dormir e não acordar no próximo dia. A caminhada é muito pesada e a luta muito sofrida. Não nos consideramos capazes ... e não somos.

O anjo veio à Elias e o mandou comer e seguir. Deus está conosco. Ainda que não nos lembremos das grandes coisas que Ele já fez em nossa vida, Deus está conosco. Quando não aguentarmos mais, Ele nos tocará, vai nos mandar comer e seguir em frente.

Ele está conosco e não desiste de nós.

''Senhor, a caminhada tem sido difícil e muitas vezes queremos desistir. Não nos consideramos capazes e tudo o que queremos é descanso. Não deixe que as circunstancias nos afaste do alvo, nos impeça de receber a Tua vitória e nos tire da jornada, mas nos toque e lembre que está conosco, nos dando animo para continuar. Te pedimos isso em nome de Jesus. Amém!"

Não desista, levante, coma e siga em frente.

“O Senhor te abençoe e te guarde;

o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça;
o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz."
Forte abraço
Diego Cavalcante
Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/ ou em nossa página no Facebook https://www.facebook.com/ComentandoAPalavra.
Siga-nos também no Twitter @comentapalavra e entre em contato pelo nosso Whatsapp (41)9808-3817

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Somos o irmão mais velho?



Lucas 15: 31
“Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu."

O versículo acima é a resposta do pai ao filho mais velho na conhecida parábola do filho pródigo. Como muitos sabem, seu irmão havia acabado de chegar em casa após esbanjar toda a sua herança e seu pai o recebe novamente como um príncipe (Lucas 15: 11-32).

O irmão mais velho se indignou por seu irmão receber tanta honra depois de uma atitude tão imprudente. Se achou injustiçado por sempre seguir o caminho correto do seu pai, trabalhando como um escravo e não ter sido contemplado com uma festa igual (Lucas 15: 28-30) e a resposta do seu pai é "Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu."

Quantas vezes deixamos de aproveitar as bençãos de Deus por não vê-lo como um Pai?

Temos uma relação de senhorio com Ele, apenas obedecendo, com medo do que pode nos acontecer se andarmos fora da linha, mas nunca o vendo como um pai amoroso que Ele é.

Ele é nosso Pai, está conosco, tudo o que é dEle é nosso (Romanos 8: 17).
O Seu amor é nosso;
O Seu carinho é nosso;
A Sua atenção é nossa;
As Suas bençãos são nossa;
As Suas disciplinas também são nossas.

O irmão mais velho nunca teve um novilho gordo morto por ele porque ele nunca se colocou como filho.

“O Senhor te abençoe e te guarde;

o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça;
o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz."
Forte abraço
Diego Cavalcante
Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/ ou em nossa página no Facebook https://www.facebook.com/ComentandoAPalavra.
Siga-nos também no Twitter @comentapalavra e entre em contato pelo nosso Whatsapp (41)9808-3817