sexta-feira, 31 de julho de 2015

Eu sou juiz?

Mateus 7: 1-3
“Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês.
“Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?

Talvez o que Cristo está falando neste trecho do evangelho de Mateus seja uma das coisas mais complicadas e difíceis nos tempos atuais. Alias vemos aqui que não se trata de algo apenas dos tempos atuais.

Ao ver qualquer situação, qualquer atitude de alguém, nosso primeiro impulso é julgar. Julgamos as ações das pessoas, ou a falta de ações, julgamos o comportamento, a forma de pensar, a forma de se vestir, a maneira com que usa suas redes sociais ou se expressa através delas, julgamos até mesmo a forma de adoração e oração de muitas pessoas.

Não somos todos iguais e é impossível querer que pensemos iguais, porém a questão não é discordar, a questão é que além de não compartilhar da mesma opinião, nós julgamos isso nos outros, muitas vezes já os condenando por suas decisões, atos ou pensamentos não se enquadrar ao nosso padrão. Muitas vezes não é necessário muito para saber que aquilo que a outra pessoa está fazendo é pecado, porém não cabe a nós julgar e condenar tal ação.

Procurando a definição da palavra julgar, encontrei a seguinte:
Julgar: tomar decisão, deliberar na qualidade de juiz ou árbitro.
Mas há um versículo que também diz o seguinte:
Há apenas um Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e destruir. Mas quem é você para julgar o seu próximo? Tiago 4: 12
Então de certa forma, quando julgamos estamos tomando o lugar de Deus, ou seja, querendo ser Deus.

Antes de julgarmos, cabe a nós orar. Orar primeiramente para que Deus nos revele se aquela situação, atitude, etc. é correta ou não, após a resposta do Pai, cabe orar para que Ele julgue e determine a Sua vontade.

Proponho um desafio à nós. Ao invés de julgar, vamos orar. Ao invés de julgar vamos buscar a vontade de Deus. Se algo ou alguém nos incomodar, vamos contar isso ao único Juiz, vamos apresentar nossos incômodos ao nosso Pai, que certamente nos responderá e nos orientará.

"Senhor, obrigado por ser Pai e Juiz em nossa vida e mais ainda por nos ensinar como devemos ser diante de Sua presença. Nos molde aos Seus padrões Senhor e ao nos moldarmos, não permita que nos achemos melhor ou maior que os outros, ao contrário, que oremos pela vida das outras pessoas, para que elas também Te conheçam.
Perdão por todas as vezes que julgamos, por todas as vezes que tomamos Seu lugar. A cada vez que esse sentimento vier ao nosso coração , que Seu Santo Espírito possa nos alertar e nos levar ao arrependimento e oração.
É isso que te peço hoje em nome de Jesus. Amém!"

Que o Senhor nos abençoe e nos mostre que orar é a ação que devemos ter quando nosso coração quer julgar.

Forte abraço

Diego Cavalcante

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Quem são vocês?

Atos 19: 15 - 16 (NVI)
Um dia, o espírito maligno lhes respondeu: “Jesus, eu conheço, Paulo, eu sei quem é; mas vocês, quem são?” Então o endemoninhado saltou sobre eles e os dominou, espancando-os com tamanha violência que eles fugiram da casa nus e feridos.

Após aceitar Jesus e começar a aprender sobre a vida com Ele, o processo natural é "trabalhar" para o Reino. Já vimos, ouvimos e até aqui mesmo escrevemos diversas vezes que Deus nos usa, que Ele gosta de contar conosco, mesmo não precisando. Nós devemos ser instrumentos dEle nesse mundo.

Jesus disse que por crer nEle faríamos as suas obras e também obras maiores.
"Digo a verdade: Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai." João 14: 12 (NVI)
Porém o versículo de hoje mostra algo "estranho". Vemos aqui que alguns judeus, ao tentar expulsar um espírito maligno, foram surpreendidos e falando popularmente, "tomaram uma invertida". Mas... por quê?

"Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês. Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês! Pecadores, limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração." Tiago 4: 7-8 (NVI)

Eis a chave da questão. Nosso versículo hoje mostra que aquilo que está em Tiago 4 não estava sendo cumprido. Se lermos um pouco mais do capitulo 19 vemos que estes judeus, eram filhos de Ceva, um dos chefes dos sacerdotes judeus. Vemos na Bíblia, diversas vezes, relatos de que muitos sacerdotes não viviam de forma correta para Deus, e em outros casos vimos grandes sacerdotes que tinham filhos rebeldes e desobedientes.

O que podemos perceber hoje é que algumas pessoas, por motivos talvez não tão claros, tentaram fazer coisas que só os Filhos poderiam fazer. E o que entristece é que isso ainda acontece hoje. Quantas vezes vemos pseudos cristãos imitando os cristãos? Ou até mesmo verdadeiros cristãos sendo levados a fazer coisas que ainda não estão preparados, muitas vezes por se sentir mal de "estar atrasado" em relação aos demais irmãos de congregação, outras por imposição de suas lideranças.
Temos que cuidar para não querer nos promover dentro da obra.

Peço a Deus constantemente para que eu não seja contaminado com orgulho, para que meus atos sejam para glorificar o Seu nome. Infelizmente é normal ficarmos orgulhosos de nós mesmo, faz parte da nossa natureza querer reconhecimento, mas a vida com Cristo não é isso. O maior reconhecimento deve vir do Pai e as nossas obras devem ser para que o Pai seja louvado.

"Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo, pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo. Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça e tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz. Além disso, usem o escudo da fé, com o qual vocês poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno. Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos." Efésios 6: 10-18 (NVI)

Os filhos são abençoados com o Espírito Santo, são chamados a engrandecer o Reino, mas assim como qualquer função, é necessário estar preparado. Não podemos querer fazer aquilo que não sabemos ou que nem nos foi pedido.

Como último recado, gostaria de ressaltar o que o espírito maligno disse.
“Jesus, eu conheço, Paulo, eu sei quem é; mas vocês, quem são?” 
Jesus é o filho de Deus, mas Paulo é um humano, com falhas e defeitos como todos nós, porém sua intimidade com Deus é tanta que até o mau sabe quem ele é, ou seja, quando crescemos em Deus a autoridade dEle em nós também aumenta, mas sem esquecer que nada vem de nós e somente dEle.

Antes de querer ser conhecido pelo mundo, seja lá qual for seu chamado, busque ser conhecido por Deus e não se deixe levar pelo que o resultado do seu trabalho pode trazer. O mau não é ficar conhecido pelos homens, o mau é buscar o reconhecimento dos homens.

“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?’ Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês que praticam o mal! Mateus 7: 21-23

"Senhor, obrigado por querer contar conosco e nos permitir fazer parte da sua obra. Mas Pai, livra-nos do orgulho, livra-nos de nós mesmos, do engano, da nossa natureza. Manifesta suas obras em nós somente para a Sua glória. Faça de nós instrumentos limpos e que o nosso nome seja conhecido por Ti e para Ti.
Aumenta a nossa sede por Ti Senhor e que possamos te buscar incessantemente, pois quanto mais cheios do Senhor, mais transbordaremos e alcançaremos os que estão a nossa volta.
Mãos limpas e um coração puro é o que te peço hoje em nome do Senhor Jesus! Amém!"

Que o Senhor te abençoe e te dê entendimento da vontade dEle para sua vida.

Um forte abraço.

Diego Cavalcante

terça-feira, 21 de julho de 2015

...

Orei a Deus por um versículo hoje, orei bastante. Pensei em vários, e cheguei a escolher vários, e até começar a escrever, porém nada me parecia ser a resposta ao meu pedido. Confesso que até fiquei frustado, pois talvez algumas pessoas esperem os dias de postagem para ver o que virá. Porém hoje não tenho um versículo para comentar.

Não sei se devo pedir desculpas ou não, mas hoje meus irmãos nosso Comentando a Palavra não terá um versículo a ser comentado. Não foi por falta de tempo e nem de oração, mas por acreditar que talvez hoje seja um dia de fazer silêncio. Pois o silêncio foi a única "palavra" que recebi.

Poderia escrever sobre qualquer versículo apenas para que a publicação de hoje não ficasse vazia, mas prefiro escrever aquilo que acredito ser a vontade de Deus para nós naquele dia. Então hoje nossa escrita será somente o silêncio. Talvez seja isso que Deus queira de nós hoje.

Silêncio.

Talvez nos incomode, mas talvez pode ser necessário. Seja qual for o motivo do silêncio de hoje, acredito que só Deus poderá dizer a cada um de nós, então, façamos silêncio hoje na presença do Senhor.

"Senhor, ...
Amém"

Que Deus os abençoe grandemente!

Forte abraço

Diego Cavalcante

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Donos de nós mesmos?

1 Coríntios 6: 19-20
Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de vocês mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo.

Vivemos em uma era onde é normal se ouvir dizer coisas do tipo: "Sou dono da minha vida e faço dela o que eu quiser!", "Sou dono do meu corpo e não é da conta de ninguém o que eu faço ou deixo de fazer dele!" e por aí vai.

Na verdade essa falta liberdade tem aprisionado vidas. Aprisionado no pecado, na busca pela estética perfeita, no vazio de querer demonstrar ser o que não é ou não vive, em buscar nos outros o que não encontramos em nós, entre outras cadeias.

O versículo de início vem logo depois de um trecho onde Paulo vem falando sobre a imoralidade sexual, dentre vários conselhos, ele nos diz sobre a união de nosso corpo com o pecado da carne. Ele chega a dizer que quando a pessoa tem relações com uma prostituta se torna um com ela.
Vocês não sabem que os seus corpos são membros de Cristo? Tomarei eu os membros de Cristo e os unirei a uma prostituta? De maneira nenhuma! Vocês não sabem que aquele que se une a uma prostituta é um corpo com ela? Pois como está escrito: “Os dois serão uma só carne”. 1 Coríntios 6: 15-16
O mundo dita que a vida sexual ativa é saudável, que devemos apenas nos preocupa em nos proteger de possíveis doenças. Que está tudo liberado desde que haja consentimento mutuo. Não quero hoje entrar no que pode ou não pode dentro de uma relação sexual, mas quero hoje ser incisivo em dizer que o que não pode é aceitarmos esse "novo padrão"!

"A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente o Salvador, o Senhor Jesus Cristo." Filipenses 3 20 (NVI)

Não somos deste mundo! Não devemos nos moldar a ele!

"Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno."  1 João 5: 19 (NVI)
O preço pago por nossa vida não foi baixo. Jesus deu a Sua vida para que nós tivéssemos vida em Deus. Diante disso, se há um padrão a ser seguido, este está na palavra de Deus.

Vejam que hoje ponho diante de vocês vida e prosperidade, ou morte e destruição. Deuteronômio 30: 15 (NVI)
Não é tarde para uma mudança, independente do que se tenha feito até hoje.

"se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra." 2 Crônicas 7: 14 
"Senhor, o mundo tenta nos enganar a todo momento, amenizando coisas que nos afastam de Ti, mostrando como normal coisas que o Senhor abomina. Pai, que Teu Santo Espírito nos mostre como viver em Ti. Não permita que sejamos omissos ao seu propósito por vergonha do que vão achar de nós. Que o sacrifício do Seu Filho seja claro para nós e que por meio dele sejamos salvos!
Livra-nos do mal Pai, nos guarda de nós mesmos! É isso que te peço em nome de Jesus!"

Que o Senhor toque seu coração neste dia e o Espírito Santo lhe mostre as coisas que você precisa mudar.

Um forte abraço.

Diego Cavalcante

terça-feira, 14 de julho de 2015

Dependência

Dependência

“Portanto eu digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa? Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas? Mateus 6: 25-26

Em tempos difíceis qualquer conta é motivo para choro. Ver que nossas finanças não estão em ordem, ver que temos que nos privar de coisas até então corriqueiras. Sentir saudades de costumes que pareciam entediantes, monótonos. Sentir o desespero de não saber o que vai acontecer amanhã.

Desespero?

Por que desespero?

Acabamos de ver no versículo acima que não devemos nos preocupar com nossa própria vida, até mesmo em relação a comida e vestimenta.

Como assim não me preocupar? Preciso de dinheiro para estas coisas, preciso que meu salário supra a estas necessidades.

Acontece é que nos esquecemos que somos filhos do criador de tudo! Sabe aquele ditado de para-choque de caminhão "Não sou dono do mundo, mas sou filho do dono!"? Então, é quase isso mesmo. Embora situações difíceis apareçam em nossas vidas, continuamos filhos do Deus vivo e tudo o que precisamos é ter fé e dependência nEle.

Depois disso a palavra do Senhor veio a Elias: “Saia daqui, vá para o leste e esconda-se perto do riacho de Querite, a leste do Jordão. Você beberá do riacho, e dei ordens aos corvos para o alimentarem lá”. 1 Reis 17: 2-4
O profeta Elias tinha acabado de afrontar o rei Acabe, mostrando que Deus não estava contente com seu modo de governar e por isso o Senhor o mando sair dali. Mas a questão é, Deus mandou aves cuidarem dele. Conseguem entender isso? Ele era um homem, poderia ele mesmo pescar e colher seu alimento, mas Deus quer mostrar que Ele nos sustenta.

No deserto, a caminho da terra prometida, o povo de Israel reclamou a Moisés que mesmo sendo escravos no Egito, sua comida era melhor do que no deserto, e até disseram que Deus os levara ao deserto para que morressem. E Deus atendendo as suas vontades (notem que aqui trata-se de vontade e não necessidade) manda codornas ao povo.
E o Senhor disse a Moisés: “Ouvi as queixas dos israelitas. Responda-lhes que ao pôr do sol vocês comerão carne e ao amanhecer se fartarão de pão. Assim saberão que eu sou o Senhor, o seu Deus”. Êxodo 16: 11-12

Jesus também mostra que Ele se preocupa com nossas aflições.
Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso. Sejam meus seguidores e aprendam comigo porque sou bondoso e tenho um coração humilde; e vocês encontrarão descanso. Os deveres que eu exijo de vocês são fáceis, e a carga que eu ponho sobre vocês é leve. Mateus 11: 28-30

Deus está atento aos nosso desejos, anseios e necessidades. Assim como um pai que sabe das necessidades do seu filho e também sabe dos mimos que ele "precisa". Deus se preocupa até com uma vontade simples sua, porque Ele é seu Pai. Deus é Deus nas grandes dificuldades e nas pequenas coisas.

Lembro-me de certa vez chegar ao trabalho e sentir uma vontade de comer bolo de chocolate, aquelas vontades que não entendemos e que vem do nada. Eu trabalhava em um local retirado e não poderia sair comprar naquele momento, mas pensei, quando sair passo em uma confeitaria no caminho de casa e compro. Mas para minha surpresa, uma colega vinda de uma outra unidade chegou perguntando quem queria bolo. Senti algo interessante naquela pergunta e questionei de qual sabor era o bolo. Adivinhem? De chocolate. Naquele exato momento, sem eu pedir, Deus me deu uma das maiores provas de que Ele cuida de mim em todos os sentidos. Senti Ele dizendo: "Eu sei o que se passa em seu coração e me preocupo com tudo o que acontece em sua vida!"

O que quero hoje irmãos, é que compreendam que Deus é o suficiente para nós e que não importa a situação em que nos encontramos, Ele sempre está atento à nós e agirá na Sua hora. Cabe a nós crer e confiar incondicionalmente.

"Senhor obrigado por ser Pai, obrigado por nos tratar como filhos, obrigado por nos conhecer melhor do que nós mesmos. Senhor obrigado por não esquecer de nós. Que o Teu Santo Espírito mantenha em nós a confiança no Seu poder e que nada possa abalar a nossa fé.
Paizão, abençoa aqueles que tem dificuldades de te ver como um pai e mostra-lhes o seu amor.
Te peço isso em nome de Jesus!"

Que Deus os abençoe e que sua dependência nEle só aumente.

Forte abraço.

Diego Cavalcante

Este e outros estudos você encontra no blog http://comentandoapalavra.blogspot.com.br/

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Em Sua presença!

Salmos 68: 3 (NTLH)
Mas os bons ficam contentes e felizes na sua presença e, cheios de alegria, cantam hinos.

Como é gostoso estar com alguém que amamos, que gostamos. Horas são minutos e o tempo voa, risadas, conversas, sorrisos. Não dá vontade de ir embora e em algumas vezes nem vamos, ficamos para o outro dia e ganhamos ainda mais um tempo precioso.

O versículo de hoje diz em alegria na presença do Senhor, diz mais ainda, que os bons sentem essa alegria e ainda cantam hinos. Nós sentimos alegria em estar na presença do Senhor? Dedicamos tempo com o nosso Pai?

Uma coisa pedi ao Senhor e a procuro: que eu possa viver na casa do Senhor
todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo. Salmos 27:4 (NVI)


Estar na presença de Deus só nos traz benefícios. É nela que podemos ser nós mesmos, até porque Ele nos conhece mais do que nós nos conhecemos e não há como enganá-lo. É na presença de Deus que podemos apresentar nossas angústias, nossas alegrias. Nossas petições e, por quê não, "bater papo"!

Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu tornei conhecido a vocês. João 15: 15 (NVI)
Muitos de nós temos ou tivemos a visão errada de um Deus distante, que não pode nos ouvir e quando se lembra de nós é para nos punir por algum pecado. Esquecemos que Ele na sua palavra várias vezes se mostra nosso amigo, inclusive como vemos acima. Ele nos chama de amigo!

Tenho um filho de pouco mais de um ano e aqueles que me conhecem a mais tempo sabem o quanto sonhei com ele e o desejei. É maravilhoso o tempo que passamos juntos, é maravilhoso, e ao mesmo tempo doloroso, ver algumas vezes ele querer ficar mais comigo e chorar sentidamente quando saio de perto, para trabalhar por exemplo. Ele é o meu filho amado e o meu melhor amigo, eu amo quando ele quer estar junto de mim.

Além de Pai, Deus quer ser nosso amigo e quer que a sua presença nos seja agradável. Ele quer estar conosco, mas e nós queremos? Se não, por que?

Não há como fazer um amigo se não o conhecermos e só conhecemos quando dedicamos tempo com esta pessoa, e a medida que vamos conhecendo e nos tornando amigos, mais e mais queremos estar com ela. Que assim também seja com Deus.

Irmãos qual o motivo que não te faz se achegar à presença do Senhor? Falta de tempo? Falta de intimidade? Vergonha? Pecado? Para cada uma dessas perguntas você tem a resposta e a solução.
Falta de tempo? Separe uma hora do seu dia para Ele, pode ser até do seu sono, e você verá que ao invés de fazer falta essa hora sobrará e agradará o seu dia.
Falta de intimidade? Qual o melhor lugar para conhecer Deus do que a Sua palavra? Leia a bíblia e também converse com outros irmãos e se surpreenda com as coisas que Deus fez, faz e fará.
Vergonha? Pecado? Ele mesmo nos perdoa e nos conhece como ninguém, diante de sua presença podemos ser nós mesmos e nos arrepender de nossos pecados.
O que falta para querer estar com Deus?

Tenha Deus como um amigo e passe tempo com Ele, sozinho, no carro, na bicicleta, na academia, onde for. Fale com Ele, "bata papo" com Ele, conte seu cotidiano, suas angustias, seus sonhos, suas alegrias e deixe também Ele falar com você.

Procurem a ajuda do Senhor; estejam sempre na sua presença. Salmos 105:4 (NTLH)

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! 2 Coríntios 13:13

Forte abraço

Diego Cavalcante

terça-feira, 7 de julho de 2015

Estou aqui, me envia!

Isaías 6: 5-8.NVI
Então gritei: Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! Logo um dos serafins voou até mim trazendo uma brasa viva, que havia tirado do altar com uma tenaz. Com ela tocou a minha boca e disse: “Veja, isto tocou os seus lábios; por isso, a sua culpa será removida, e o seu pecado será perdoado”. Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: “Quem enviarei? Quem irá por nós?” E eu respondi: Eis-me aqui. Envia-me!

Quantas vezes nos sentimos constrangidos diante de Deus, indignos de estar em sua presença e ouvir sua voz?
Já me encontrei diversas vezes distante do Pai por me achar pecador demais para poder chegar até Ele. Nessa hora o inimigo se delicia, ele coloca ainda mais culpa em nossos corações e traz a memória até pecados que já foram perdoados.

E sabem de uma coisa? Realmente não somos dignos de chegar a presença do Rei, não somos dignos de lhe pedir nada ... mas ... Deus é perfeito e amoroso e Ele nos limpa dos nossos pecados e nos tem como filhos, a partir do momento que aceitamos o sacrifício de Seu Filho Jesus.

O profeta aqui primeiramente reconhece ser um pecador e sofre por isso em sincero arrependimento, Deus faz com que ele seja limpo. Que maravilha! Ele esta puro, poderia ir embora e aproveitar a sua vida sob a santidade do Senhor, mas assim como nossos filhos tem nosso total amor, eles também tem seus afazeres e tarefas e nós como pais gostamos de poder contar com eles. Assim somos nós como filhos com nossas "tarefas" e o Senhor como Pai querendo contar conosco. Então ao ouvir a pergunta "Quem enviarei?" o profeta prontamente responde "Eis-me aqui. Envia-me! "

Ser salvo e não fazer mais nada é relativamente fácil, basta vigiar nossa vida e simplesmente se arrepender verdadeiramente em caso de falhas, mas e aquela pessoa que trabalha comigo? E meu colega de estudo? E aqueles que eu nem conheço? Já são salvos? Já tem um Pai ou continuam vivendo órfãos?
Amo cozinhar, porém mais prazeroso do que comer os pratos que preparo é dividir este prato com as pessoas e ver sua alegria e satisfação.

Se você já é um filho de Deus coloque-se na presença do Pai, peça perdão pelos seus pecados e GRITE: Pai eu estou aqui! Me envia! E confie no que o Senhor vai fazer através de você. O próprio Jesus nos falou em João 14:12
"Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem crê em mim fará as coisas que eu faço e até maiores do que estas, pois eu vou para o meu Pai." (NTLH)

Além disso, ore para que Deus envie mais pessoas além de você!  
"E lhes disse: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Portanto, peçam ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita." Lucas 10: 2 (NVI)

"Senhor me achego em sua presença e peço misericórdia Pai, pois assim como Isaías eu sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros, porém assim como ele, quero ser enviado por Ti. Mostra para mim as pessoas que o Senhor anseia, mostra para mim onde devo ir e levar a Sua Palavra e também te peço ó Deus, que levante mais e mais pessoas para a Tua obra.
Não permita que o inimigo nos distraia com nossos pecados, não permita que nós mesmos sejamos empecilhos para sua obra, mas a qualquer sinal de fraqueza nos faça lembrar que Tu nos escolheste e que o Senhor nos cura!
É isso que te peço hoje em nome de Jesus!"

Que o Senhor te abençoe e te mostre onde você deve ir e para quem você deve falar!

Um forte abraço

Diego Cavalcante